Compostores Bokashi Organko 2 Ocean (feito com redes de pesca) x 2

150.00

Compostores Bokashi Organko 2 Ocean, da marca Skaza, feitos com rede de pesca recolhida à mão e reciclada e plástico reciclado. Para compostagem indoor.

3 em stock

teste

Informação adicional

Peso 8300 g

As redes de pesca

Sabias que todos os anos 640.000 toneladas de redes de pesca são despejadas nos oceanos?

E que plásticos e redes de pesca ameaçam a extinção de mais de 260 espécies de animais marinhos?

compostagem apartamento

Para Apartamento

Na realidade para qualquer tipo de moradia, mas ideal para quem vive em apartamento e tem pouco espaço em casa! São apenas 2 baldes de 16L cada, que podem ficar num cantinho da tua cozinha.

compostagem apartamento

PODE (QUASE) TUDO!

Podes colocar resíduos de origem animal, como restos de carne, mesmo cozinhada, doces, citrinos… Reduz 95% do resíduo da cozinha!

compostagem apartamento

OPÇÕES MÚLTIPLAS

Tens flexibilidade de decidir como fazer a segunda etapa da Bokashi. Podes misturar diretamente na terra, colocares noutro compostor aeróbio (jardim ou minhocas), entregar a um agricultor da tua zona… Tu escolhes o que dá mais jeito!

compostagem apartamento

RÁPIDO

O método Bokashi é super acelerado graças aos microrganismos eficientes que fazem a fermentação anaeróbia! A fermentação dura apenas 15 dias, depois de teres o balde totalmente cheio.

Tudo sobre Bokashi!

Explora o e-book e a playlist de vídeos sobre compostagem Bokashi. Se continuares com dúvidas, envia-nos um email para o ola@mudatuga.com

Vídeos sobre compostagem Bokashi

FAQs Bokashi

Quais as vantagens da Compostagem Bokashi?
  1. Como o compostor Bokashi é um compostor hermeticamente fechado, não há mosquitinhos nem maus odores! Além de que o próprio farelo Bokashi que colocas em cada camada de resíduos (para fazer a fermentação) impede que os resíduos apodreçam e cheirem mal.
  2. A compostagem Bokashi é dos poucos métodos que podes fazer mesmo dentro de um apartamento!
  3. O compostor Bokashi aceita 95% dos resíduos orgânicos da tua cozinha! Isto não acontece com mais nenhum método de compostagem!
  4. Com um compostor Bokashi na tua cozinha, é muito prático separares os resíduos orgânicos, sem a necessidade de sacos plásticos.
  5. Com a compostagem Bokashi consegues obter um composto num período de tempo muito mais curto que na compostagem tradicional.
  6. Na Bokashi, consegues uma redução de cerca de 25% do volume dos resíduos dentro do compostor devido à drenagem do “chá” de Bokashi (pela torneira do compostor) durante o processo.
Como se faz a compostagem Bokashi?

Temos imenso material que podes ler/ver para aprenderes a fazer compostagem Bokashi! É muito simples! Dá uma vista de olhos no e-book ou na nossa playlist do youtube, ou lê o artigo do blog que criámos sobre isso!

A compostagem Bokashi cheira mal?

Não. Poderás sentir apenas um leve cheiro avinagrado (devido à fermentação) quando abres a tampa do compostor para colocar os resíduos.

Não tenho jardim. Posso compostar na mesma?

Oh yeaaah! Essa é uma das grandes vantagens da Bokashi! A primeira etapa (fermentação dos resíduos) é feita num compostor fechado, dentro de casa. A segunda etapa envolve a mistura dos resíduos com a terra, que podes fazer num vaso grande ou mesmo numa caixa de cartão (como aquela que vem com os compostores).

Porque preciso de comprar 2 compostores?

Enquanto um balde está a fermentar, o outro balde deve estar “livre” para recomeçares a fermentação de novos resíduos orgânicos. Tens sempre de alternar entre os 2 compostores. Assim não ficas sem sítio para continuares a fermentar os teus resíduos!

Que tipo de resíduos posso colocar no compostor Bokashi?
  • Restos crus (legumes, frutas, vegetais, cascas de ovos, etc);
  • Restos cozinhados (arroz, massa, carne, peixe, etc com ou sem temperos);
  • Outros resíduos (pão, laticínios, borra de chá e café, filtros de papel, etc).
O que não posso colocar no compostor Bokashi?
  • Resíduos que não sejam orgânicos;
  • Resíduos líquidos (sumos, leite, sopas);
  • Ossos médios ou grandes;
  • Fezes e papel higiénico usado;
  • Conchas de ostras ou caracóis;
  • Medicamentos, pensos e beatas de cigarro.
Onde posso colocar o compostor Bokashi?

Podes colocar o compostor em praticamente qualquer sítio desde que não esteja demasiado exposto ao sol quente do verão. O compostor pode estar em temperaturas relativamente quentes, mas devemos evitar que esteja em constante contacto direto com o sol. Por outro lado, temperaturas muito frias podem atrasar um pouco o processo de fermentação. No inverno, se estiverem temperaturas muito geladas, é preferível nunca deixar o compostor fora de casa. 

Com que frequência devo colocar os resíduos dentro do compostor?

De forma a fermentarem os alimentos com sucesso, os microorganismos devem ser mantidos num ambiente o mais anaeróbico possível, por isso não devemos abrir a tampa sempre que geramos o mínimo de resíduos. De 2 em 2 dias é um bom intervalo, podendo ser maior, desde que armazenemos os resíduos no frigorífico (até 7 dias) ou no congelador (se passarem mais de 7 dias). Caso não queiramos armazenar os resíduos no frigorífico e esteja uma temperatura quente, podemos, neste caso, abrir o compostor 1 vez por dia.

O que faço se for de férias?

As férias são uma oportunidade de terminar o processo de fermentação. Antes de ires de férias, só tens de retirar todo o chá Bokashi pela torneira do compostor, adicionar farelo numa quantidade superior ao normal e fechar bem a tampa. Se quiseres, para minimizar ainda mais o contacto com o oxigénio, coloca uma “tampa” de cartão sobre os resíduos e põe algo pesado por cima desse cartão (uma pedra ou algo similar). É só deixar o compostor em repouso a fermentar e quando voltares, tens os teus resíduos fermentados, prontos a serem misturados com a terra! Simples, não é?

O que faço depois de encher o compostor?

Depois de encheres totalmente o teu compostor, fecha-o bem e deixa-o em repouso a fermentar por, no mínimo, 2 semanas. Se acabares por deixar mais uns dias/semanas não tem problema. Enquanto deixas esse compostor em repouso por umas semanas, começas a encher o 2º compostor! É por isso que tens sempre de ter 2 compostores!

Depois dessas 2 semanas de fermentação, é o momento de misturares os resíduos fermentados com a terra (num vaso grande, numa caixa ou num quintal) e deixar em repouso (sem plantares nada por cima) durante pelo menos mais 2 semanas! Depois disso, o adubo está prontinho a ser utilizado! 

O que posso fazer com os resíduos fermentados e/ou o adubo final?

Tens várias alternativas! Esse é precisamente o último tópico tratado no nosso artigo do blog sobre Bokashi.

Dá uma vista de olhos 🙂

Escolhi a compostagem Bokashi por ser um processo simples e principalmente que pudesse fazer num apartamento. Está a ser um processo de aprendizagem muito gratificante, quem diria que o lixo nos pode fazer feliz, ein?! Obrigada à @mudatuga pelos ensinamentos ninjas!

Joana Meira

Gostaria de partilhar o meu agradecimento à MudaTuga e Escola a Compostar por me ter iniciado neste mundo fantástico da compostagem Bokashi; sinto que assim é que deve ser, com a valorização destes resíduos tão importantes e a minimização do consumo de recursos ao devolver à natureza os nutrientes que ela nos deu.

Cláudia Rocha

A Mudatuga para mim é a referência em Portugal para aprender sobre compostagem! O desafio #21diasacompostar não se revelou um desafio, pois com a ajuda da Mudatuga, foi tudo muito fácil de compreender e seguir!

Margarida Rebelo

Nunca tinha feito compostagem e achava que no meu mini apartamento sem varandas era impossível. Desde que conheci a Mudatuga tudo mudou. De forma simples aprendi a compostar em casa e o meu caixote do lixo nunca mais foi o mesmo. Sinto-me muito agradecida à Mudatuga.

Verónica Paiva

Reviews

Apenas clientes com sessão iniciada que compraram este produto podem deixar opinião.