Compostores

Consulta o nosso material educativo.

Compostagem

A compostagem nada mais é que a reciclagem de resíduos orgânicos, e pode ser feita de diversas formas: com o auxílio de microrganismos aeróbios ou anaeróbios, de minhocas, de crustáceos, de insetos e de outros animais. O resultado é um composto (adubo) cheio de nutrientes que pode ser utilizado nas nossas hortas, jardins e espaços verdes no geral.

Compostagem Bokashi

Como o compostor Bokashi é um compostor hermeticamente fechado, não há mosquitinhos nem maus odores! Além de que o próprio farelo Bokashi que colocas em cada camada de resíduos (para fazer a fermentação) impede que os resíduos apodreçam e cheirem mal.

A compostagem Bokashi é dos poucos métodos que podes fazer mesmo dentro de um apartamento!

O compostor Bokashi aceita 95% dos resíduos orgânicos da tua cozinha! Isto não acontece com mais nenhum método de compostagem!

Com um compostor Bokashi na tua cozinha, é muito prático separares os resíduos orgânicos, sem a necessidade de sacos plásticos.

Com a compostagem Bokashi consegues obter um composto num período de tempo muito mais curto que na compostagem tradicional.

Na Bokashi, consegues uma redução de cerca de 25% do volume dos resíduos dentro do compostor devido à drenagem do “chá” de Bokashi (pela torneira do compostor) durante o processo.

Básicos da Vermicompostagem

São muitas: ela é muito mais rápida que a compostagem de jardim, mais divertida e o adubo de minhoca tem melhor qualidade. E com a vermicompostagem, podes trazer a natureza para dentro do teu apartamento!

Vermicompostagem - Começar do zero

Nos kits de compostores City Worms, tens tudo o que precisas para arrancares o processo! Após a montagem do compostor, começa com apenas uma bandeja (guarda as outras num canto). Corta o cartão da embalagem e coloca de “base” para as minhocas, conforme está indicado na embalagem e no manual de instruções. Depois, humedece e utiliza o resto do cartão para alimentar as minhocas. Podes então colocar as minhocas num dos cantos da bandeja e coloca um bocado de resíduos. Cobre por fim com o tapete de fibra de cânhamo para protegê-las.

Vermicompostagem - As minhocas

Deves utilizar minhocas californianas, idealmente a espécie Eisenia andrei.

Vermicompostor - Que resíduos podes e não podes colocar

É de se evitar! Limão, ananás e laranjas em excesso podem gerar a fuga de algumas minhocas. Também tens de evitar resíduos cozinhados, temperados, com odor forte (como aromáticas, alho e cebola). Colocar a casca de uma laranja é diferente de colocar a casca de 25 laranjas. É bom termos parcimónia para evitar a indigestão das minhoquinhas!

Vermicompostor - humidade e temperatura

Não! Os resíduos orgânicos já são bastante húmidos e libertam água conforme se decompõem. Se o compostor estiver com o substrato muito seco, deves colocar mais resíduos com alto teor de humidade.

Vermicompostor- Resolução de problemas

Uma quantidade pequena também é comum, nomeadamente se for um bolor branco. Pode estar a acontecer isso por 2 motivos: excesso de alimento para poucas minhocas e/ou o tipo de resíduos que estás a colocar (se forem resíduos que são de digestão mais difícil para elas).

Vermicompostor - Adubo de minhoca

O adubo está pronto quando ganha mesmo o aspeto à terra, com coloração castanha, e sem pedaços de resíduos visíveis.

Vermicompostor - Férias

Podes! Deixa resíduo o suficiente para as tuas minhocas comerem enquanto estás fora.

Image
Mudatuga
A Mudatuga é uma startup focada na educação para a compostagem, quer para particulares, quer para qualquer organização, pública ou privada, que pretenda implementar um projeto de compostagem doméstica ou comunitária.

Contactos

  • Mudatuga® | Mestre do Terraço – Ensino de Compostagem Unipessoal LDA. NPC: 516556991
  • ola@mudatuga.com
  • +351 910 747 756
  • INOPOL Academia de Empreendedorismo, Campus Politécnico de Coimbra
    Avenida Mário Silva, Bencanta
    3045 - 601 Coimbra